Águia pesqueira em Portugal

As fotografias do verão!

O verão já passou, mas ficam muitas memórias e algumas fotografias. Aqui estão 12!

Reportagem CMTV no Alqueva

“O guincho, também conhecida como águia-pesqueira, é uma ave de rapina que desapareceu do território português.” Veja a reportagem que a CMTV fez sobre o projeto de reintrodução da águia-pesqueira em Portugal: inclui entrevista com Luís Palma.

Vive da observação e estudo das aves

  Hoje damos a conhecer Jorge Safara, técnico de campo no Projeto de Reintrodução da Águia. É ornitólogo de profissão e vive da observação e estudo das aves.    Desde muito novo que comecei a interessar-me pela observação de aves e sua conservação. Após um longo período a trabalhar numa fábrica, decidi seguir o meu sonho e dedicar-me em exclusivo à observação de aves. Desde 2012 que tenho participado em estudos e monitorizações de aves […]

“Era uma vez no Alqueva” por Andreia Dias

  Andreia Dias conhece o projeto de reintrodução da águia pesqueira desde os primórdios. Conheça aqui, na primeira pessoa, o percurso profissional desta entusiasta da natureza, que leva na bagagem um sonho concretizado e outro por concretizar.     A paixão assumida pela natureza… Nos últimos anos, tenho-me dedicado ao estudo das aves de rapina, gosto que surgiu do contato com o último casal de águias-reais no Parque Nacional da Peneda-Gerês, onde fiz o meu estágio. Sempre trabalhei […]

“Sobre a minha experiência do ano passado.”

Hoje trazemos um relato de uma voluntária que esteve na Herdade do Roncão no ano passado e que este ano está de volta… Leia tudo, na continuação.   Quando recebi e folheei o meu primeiro guia de aves, ainda uma infante que frequentava a primária, lembro-me perfeitamente de, chegando à parte das rapinas diurnas, pousar os meus olhos nas ilustrações da águia pesqueira, admirando-a. Esse mesmo guia classificava-a como “raramente observável” e “espécie em perigo”, […]

Águias Pesqueiras na Costa Vicentina

O regresso da águia pesqueira a Portugal é uma meta que, com estas imagens que nos chegaram hoje, parece cada vez mais perto. Tal como já revelamos aqui no blog, foram avistadas aves a nidificar na costa vicentina, e hoje partilhamos duas fotos em que se podem ver adultos e crias. Estas, se tudo correr bem, vão ser as primeiras nascidas em Portugal a voar pelos seus céus desde há 19 anos!

A Chegada das Águias a Portugal

No passado dia 15, 12 águias pesqueiras chegaram ao aeroporto de Lisboa para mais um ano do projeto de reintrodução. Veja as fotografias no seguimento.

Será que a recolonização do Alqueva não se poderia dar naturalmente?

A recolonização espontânea nos habitats tradicionais é improvável devido aos fatores referidos (perg. 10) e a única solução passa por uma “ajuda” necessária para que a natureza faça o seu papel. O objetivo deste projeto é restabelecer uma população viável de águia pesqueira ou guincho (Pandion haliaetus) em Portugal continental, com o fim de favorecer a expansão da população mediterrânica ameaçada, reduzindo o seu risco de extinção. A albufeira do Alqueva, para além de reunir […]

Quais os principais fatores de ameaça?

Os principais fatores que levaram ao declínio da espécie prendem-se com a perseguição, a perturbação e a perda de locais de reprodução, mas igualmente com a poluição das águas. Também em Portugal a perseguição direta e a perturbação dos locais de nidificação parecem ter conduzido à diminuição da população reprodutora. Na Costa Alentejana onde se encontravam os últimos casais, a introdução do perímetro de rega alterou profundamente o planalto litoral, anteriormente isolado. O incremento agro-pecuário […]

Quais as zonas frequentadas pela águia pesqueira em Portugal?

No início do século XX, a espécie reproduzia-se na maior parte da costa rochosa portuguesa – Cabo da Roca, Arrábida-Espichel, Costa Sudoeste e Barlavento Algarvio – e possivelmente também no pinhal de Leiria. A ausência de dados da sua nidificação em estuários, lagunas costeiras e grandes rios pode dever-se ao fato da espécie ter sido eliminada desses habitats há longo tempo. De facto, a costa rochosa pode ter funcionado como um habitat de refúgio devido […]